top of page
  • Foto do escritorYuri Salso

Diplacusia: causas e tratamento

Atualizado: 20 de fev.

Apesar de, como seres humanos, sermos criaturas muito visuais, dependemos de nosso sistema auditivo por várias razões. Dependemos da audição para nos comunicar, ouvir música e nos manter socialmente ativos, entre outras coisas. Nossa dependência do senso da audição explica porque percebemos que a perda auditiva pode ser socialmente mais danosa que a cegueira.


O que é diplacusia?


A diplacusia é também conhecida como audição dupla. É uma forma de perda auditiva em que se ouve o mesmo som de modo diferente em cada ouvido. O cérebro interpreta o som que você ouve. Se você sofre de audição dupla, ouve dois sons separados com um timbre, sincronismo ou tom diferente.


Viver com esse problema é muito frustrante e irritante para a maioria. Enquanto que para algumas pessoas esse é um problema apenas temporário, para outras é permanente. Dependendo da percepção do timbre, é possível ter vários tipos de diplacusia, tais como:


Diplacusia desarmônica

Essa é a forma mais comum, caracterizada por um ouvido perceber corretamente o som, mas o outro o interpretar incorretamente.

Diplacusia binaural

Acontece quando nenhum dos ouvidos percebe o som corretamente. Pode ser resultado de uma diferença de sincronia ou de timbre. Um dos ouvidos ouve o som um pouco mais cedo do que o outro. Nesse caso, há uma discrepância temporal. Se um dos ouvidos ouve o som em um timbre diferente do outro, então há uma diferença de timbre. Esse problema é mais comum com pessoas com perda auditiva assimétrica.

Diplacusia ecóica

Ocorre quando há uma pequena diferença na sincronia de tom entre os dois ouvidos. Esse fenômeno cria a impressão de eco.

• Diplacusia monoaural

Essa patologia se manifesta quando um de seus ouvidos escuta o mesmo som como se fossem dois sons separados com timbres diferentes.


O que causa a diplacusia?


As causas dessa patologia não são totalmente compreendidas. Os especialistas creem que a diplacusia pode ocorrer tanto como perda auditiva unilateral como também bilateral. A perda auditiva unilateral afeta apenas um ouvido, a bilateral os dois. Por exemplo, a diplacusia pode surgir com a perda se alguma audição apenas em um ouvido. Pode também ocorrer quando o grau de perda auditiva é maior em um ouvido do que em outro.


Danos no ouvido interno

Na maior parte das vezes a diplacusia ocorre de repente. Os fatores que podem causar danos no ouvido são a perda auditiva induzida por ruído, trauma na cabeça e medicações específicas. Muitas pessoas começam a notar seus sintomas após um trauma acústico. Uma explosão ou a exposição a outra forma de ruído alto por ser traumático para os ouvidos.


Os medicamentos que podem danificar sua audição são chamados de ototóxicos. Há mais de duzentos medicamentos ototóxicos no mercado hoje. Alguns são usados para tratar problemas sérios, como infecções, doenças cardíacas e mesmo o câncer.

Obstrução no ouvido interno

A cavidade auricular obstruída pode também estar na raiz do problema. Uma infecção severa no ouvido ou uma congestão sinusal podem afetar a audição normal. Excesso de cerume ou um tumor podem também levar ao surgimento da diplacusia.


Como tratar a diplacusia?


Marque uma consulta com um fonoaudiólogo assim que os sintomas surgirem. Qualquer suspeita de perda auditiva deve ser prontamente avaliada. Seu médico irá realizar um exame médico e audiológico completo para tentar identificar a raiz do problema.


O melhor tratamento para seu problema depende da causa subjacente. Se uma obstrução em suas cavidades auriculares causa seus sintomas, descobrir a razão disso é fundamental. A boa notícia no caso é que você provavelmente irá recuperar sua audição quando seus ouvidos forem novamente desobstruídos.


A remoção do acúmulo de cera ou o tratamento de sua infecção no ouvido deve ser o foco de seu tratamento.


Seu médico pode decidir realizar um teste de mapeamento de tons. Esse teste foi concebido para avaliar as características de sua diplacusia. A ferramenta de diagnóstico é útil para obter algumas indicações do que você está passando.


Em certos casos, a causa de sua diplacusia não pode ser eliminada. Nesse cenário, é crucial entender seu estado e as melhores maneiras de lidar com ele.


AVISO DE CONTEÚDO INFORMATIVO

 Todo o conteúdo disponibilizado nesta publicidade tem caráter meramente informativo, com o objetivo único de facilitar o acesso às informações e materiais de conteúdo manifestamente público, não constituindo orientação médica ou qualquer espécie de prestação de serviços, nem qualquer produto ou relação comercial.

108 visualizações0 comentário

Comments


logo_RGB-512x512.png
bottom of page